Com as lantejoulas caindo nas nossas cabeças e o frevo ecoando ladeira abaixo, você me beijava como se fosse Sábado de Zé Pereira. Quanta fantasia. No meu coração, você já era Quarta-feira de Cinzas.

*Texto escrito para o Desafio Literário Minicontos da Unisinos.

Anúncios