Dizem que as maiores tristezas inspiram os melhores textos. É ,então eu acho que hoje tinha tudo pra escrever um post fuderosamente bom.

Tentei. Umas três vezes tentei escrever algo que servisse. Mas ficou tudo ruim. Nenhum serviu. Minhas palavras não tão servindo mais pra descrever o que eu tô sentindo agora. Então eu vou apenas deixar que os outros falem por mim.

Uma imagem do weheartit que hoje devia se chamar wehateit:

Um texto de um vô que sabia exatamente o que dizer :

“A exemplo do vento e da fumaça
Com o seu passar indiferentemente
Passa até o amor, por mais ardente
Tudo passa, na vida tudo passa.

E por mais desespero que se faça
Tudo passa, sucumbe, desvanece
É comum, entre nós sempre acontece
Não se pode evitar o sofrimento
Pode tudo passar num só momento
Mas nem tudo que passa a gente esquece

<Severino Ferraz>

E uma música que diz tudo e até mais um pouco. Diz tudo que eu queria dizer e não consigo:

“Oh, but at often times those words get tangled up in a lines
And the bright light turns to night
Oh, until the dawn it brings
Another day to sing about the magic that was you and me
‘Cause you and I both loved
What you and I spoke of (of,)
And others just read of
and if you could see me now
Well, then I’m almost finally out of
I’m finally out of
Well I’m almost finally, finally
Out of words
<You and i both,Jason Mraz>
 Todo mundo diz que vai passar.E de fato,eu acho que vai sim.Mas nesse momento só consigo imitar aquelas crianças em viagem longa : ‘ainda vai demorar muito?’
Anúncios