É difícil abrir mão das pessoas que a gente gosta.É difícil deixar seus amigos conhecerem outos amigos.É difícil saber que às vezes você vai ficar de fora mesmo e talvez não faça falta.

Tem tudo a ver com posse e nada a ver com amor.’Fulano é MEU amigo ou ela é MINHA amiga e eu não quero dividir com ninguém’.Nem com seus próprios amigos né.Com ninguém.

Mas a gente vai aprendendo a deixar sim.Tem que deixar.Por que aliás : você não deixa nada.Porque seus amigos são livres.Eles podem ir e fazer outros milhares de amigos.Eles podem ficar mais amigos dos seus amigos do que você mesmo.Eles podem dar mais valor a alguém que de primeira você nem tinha prestado atenção.

Amor e amizade não são contratos.Não são algemas.Não são ultimatos.Não são ‘ou ela ou eu’.
Às vezes você fica inseguro.E acha que putz,seus amigos são tão legais,mas tão legais,que se eles se conhecerem não vão mais nem te chamar pruma pizza na esquina num domingo à noite.

Mas aí você tem que confiar.Confiar em si mesmo e nas relações que você construiu.E ser mais generoso também.Se os seus amigos são TÃO legais,então o mundo inteiro tem que conhecer eles.

Apenas aprenda a abrir mão.E deixar ir.Aquela história de ‘se voltar,é seu’ é clichê,brega,mas tem um quezinho de verdade.Se for ser amigo de verdade,ele nunca vai embora.Ele pode conhecer o mundo inteiro e + 5 redes sociais,mas o seu lugar,aquele lugarzinho só seu,tá guardado.

Não precisa ser ‘ou eles ou eu’.Pode ser eles e eu.E todo mundo junto.Porque quando mistura,vai por mim,fica bem melhor.

Anúncios